6. UMA DÁDIVA DIVINA
 “Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias de tua vida fugaz, os quais Deus te deu; porque esta é a tua porção nesta vida pelo trabalho com que te afadigaste debaixo do sol”.(Eclesiastes 9:9)
Gozar a vida: Desfrutar, deliciar-se, sentir prazer, divertir-se, ter satisfação durante o tempo entre o nascimento e a morte. 
 A. Muitas pessoas casadas possuem uma sensação interior de que o prazer sexual é impuro. “Sede fecundos, multiplicai-vos...” (Gen 1:28). Esta ordem foi dada antes do pecado entrar no mundo, portanto o sexo e a reprodução foram ordenados ao casal em seu estado original de inocência. Deus, depois de criar o homem e a mulher com as suas capacidades sexuais, observou e disse: "Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom".(Gn 1.31)
 B. O clima de santidade e pureza que havia entre Adão e Eva em relação ao sexo era tão grande, que logo depois da ordem do Senhor deles se tornarem uma só carne, a Bíblia registra: "E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher, e não se envergonhavam” (Gn 1:29)
·        Hb 13:4 - Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula”.
 6.1  - ALGUMAS RESTRIÇÕES
 A. Atos ou desejos sexuais entre pessoas do mesmo sexo.
 ·        Rom 1:26-27 - Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro.
 B. A masturbação ou qualquer tipo de prazer sexual praticado em si mesmo.
 ·        1 Cor 7:4 4  A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher.
 C. Estímulos sexuais externos (olhares sensuais, vídeos, revistas, músicas, etc.)
 ·        Mateus 5:28 - Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela.
D. Barganha Sexual: Não temos o direito de decidirmos sozinhos qual o dia, a hora e o local de nos relacionarmos sexualmente com o nosso cônjuge. Devemos buscar satisfazer-lo de forma carinhosa e cordial. A intimidade sexual não deve ser uma moeda de barganha e sim um acordo de amor entre o casal.
·        1 Cor 7:5 - Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da vossa incontinência.
 E. A infidelidade Conjugal: Geralmente caracterizada por um ato sexual ilícito, traz para o casamento a desilusão, a discórdia, o engano e o sofrimento. Homens e mulheres afligidos por este mal buscarão nas “drogas” ou em “comportamentos compulsivos” um meio de suportar a dor da traição. Só há um caminho para a cura deste mal: para o infiel a “confissão dos pecados e o arrependimento” e para o traído “o perdão” através do amor, Graça de Jesus Cristo.
 ·        Hb 13:4 -...Porque Deus julgará os impuros e adúlteros.
 ·        1 Jo 1:9 - Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.
 ·        Tg 5:16 - Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.
 ·        1 Pe 4:8  - Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados.
 6.2  - CORTEJAR
 A. O ato sexual não deve começar na cama. Seu cônjuge precisa ser cortejado, conquistado durante todo o dia, em pequenas atitudes você sinaliza o quanto você o deseja. Utilize as palavras, os gestos, o olhar... Lembre-se da época do namoro?
  • Ct 4:7 - Tu és toda formosa, querida minha, e em ti não há defeito. Mel e leite se acham debaixo da tua língua, e a fragrância dos teus vestidos é como a do Líbano. (H)
  • Ct 5:3-5 - Já despi a minha túnica, hei de vesti-la outra vez? O meu amado meteu a mão por uma fresta, e o meu coração se comoveu por amor dele. (M)
  •  Os teus dois seios são como duas crias gêmea de uma gazela, que se apascentam entre os lírios. (H)
  • Ct 7-11 e 8:3 - Vem, ó meu amado, saiamos ao campo, passemos as noites nas aldeias. A sua mão esquerda estaria debaixo da minha cabeça, e a sua direita me abraçaria. (M)