Estamos de Passagem...

TEXTO (Mateus 26:57-66)

 

Sem dúvida, a páscoa é a maior festa do cristianismo. A palavra tem origem hebraica, “Peseach” que significa “passagem”. No antigo testamento representa a saída da escravidão do Egito para a liberdade em Canaã. Hoje, comemora-se a passagem de Cristo - "deste mundo para o Pai", da "morte para a vida", das "trevas para a luz".

 

Foi na semana da páscoa que Jesus foi julgado, morto e ressuscitou, alterando definitivamente o calendário da humanidade (A.C e D.C.). Aproveitando esta oportunidade queremos analisar estas cenas protagonizadas por Cristo a mais de 2000 anos atrás.

 

- O julgamento à Os sacerdotes procuravam algo contra Jesus e não encontram. A partir da falta de evidências, surgem falsas testemunhas que acusam levianamente o mestre. O sumo sacerdote pergunta a Jesus: “Tu és o filho de Deus?”.

 

Hoje encontramos pessoas com as mesmas dúvidas dos fariseus. Será que este homem é realmente o filho de Deus? Será que ressuscitou mesmo? Será que voltará ?  Você também tem feito perguntas assim? Necessita de mais alguma prova?

 

- A morte à Muitos se perguntam: Porque Jesus teve que morrer? A resposta está nas leis de Deus. A bíblia afirma Rm 6:23 “Que o salário do pecado é a morte...” Porque pecamos deveríamos morrer, então, Deus enviou o seu filho para morrer em nosso lugar. Sua morte foi o sacrifício suficiente para expiação dos pecados da humanidade.

 

- Á ressurreição à Foi o triunfo da vida em Cristo sobre o morte em Satanás. No livro de apocalipse está escrito: Ap 1:18 “Eu sou aquele que vive. Estive morto, mas agora vivo para sempre. Tenho autoridade sobre a morte e sobre o mundo dos mortos”

 

Se nos reportássemos ao dia do julgamento de Cristo no sinédrio, que testemunhas poderíamos convocar? Pedro disse em Mt 16:16 “Tu és o Cristo...” Marta irmã de Lazaro disse Jo 11:27 “Tu és o Cristo...” Judas disse Mt 27:4 “Pequei por trair sangue inocente” Pilatos e Herodes Lc 23:13 Não encontraram motivo para acusá-lo. O ladrão da Cruz pediu que Jesus se lembrasse dele no paraíso. Os soldados que escarneceram e bateram nEle disseram após a sua morte Mt 27:54 “Verdadeiramente este era o filho de Deus...”

 

E você o que tem a dizer sobre Cristo? Aproveite estes dias de reflexão pascal e aceite a Cristo como Salvador... Afinal, estamos só de passagem!

 

 

Pr. Pedro Noia e Igreja